Presidente do PDT vai encontrar Ciro para falar sobre renúncia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 2 de outubro de 2002 as 17:40, por: cdb

O presidente nacional do PDT, Leonel Brizola, depois de uma reunião de quatro horas com dirigentes pedetistas, deixou claro que ainda não descartou a hipótese de apoiar o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, já no primeiro turno. O PDT integra a Frente Trabalhista, do candidato Ciro Gomes, mas Brizola tem defendido o apoio a Lula para garantir a vitória da oposição no dia 6 de outubro. Para isso, seria necessária a renúncia de Ciro.

Brizola informou que o apoio a Lula só acontecerá se houver concordância de Ciro Gomes. O líder pedetista disse que vai conversar com Ciro, talvez ainda hoje. “Nosso candidato é Ciro Gomes e nós vamos até o fim. Qualquer modificação só poderá ocorrer de acordo com ele, conduzido por ele”, disse o ex-governador do Rio.

O presidente do PDT disse ter recebido uma “mensagem” do presidente do PT, José Dirceu, de que o comando petista gostaria de conversar com ele sobre o apoio a Lula no primeiro turno. “Nós estamos trazendo uma reflexão, mas em princípio vamos seguir nossa trilha anterior (apoio a Ciro)”, declarou Brizola.