Presidente do BNDS sugere que superávit primário seja menor

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 4 de novembro de 2003 as 16:03, por: cdb

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Lessa, afirmou nesta terça-feira que o superávit primário (receita menos despesa, exceto pagamento de juros) poderia ser menor nos próximos anos. Atualmente está fixado em 4,25% do Produto Interno Bruto (PIB). “Isso flexibiliza mais o poder público a fazer políticas sociais. Eu dou a minha opinião e obedeço ao que vier a ser decidido”. Lessa defendeu, ainda, a queda dos juros para que o Brasil volte a crescer.