Presidenta da CNA destaca ampliação da área coberta pelo seguro agrícola

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 28 de junho de 2012 as 11:49, por: cdb

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidenta da Confederação Nacional de Agricultura (CNA), Kátia Abreu, avaliou positivamente o Plano Safra 2012/2013 para a agricultura comercial anunciado hoje (28) pelo governo. Ela destacou, principalmente, a ampliação da área de cobertura do seguro agrícola, o que vai melhorar as condições de sustentabilidade do produtor rural. “Houve uma mudança de paradigma”, afirmou.

“Depois de 20 anos, era o plano que esperávamos. O seguro agrícola era ridículo, uma das maiores agropecuárias do planeta ter assegurados apenas 5% da área física. Saímos de 5% para 20% de cobertura de área física, queremos chegar a 2015 com 50% cobertos. É um alento e nos dá alma nova para continuar produzindo. Queremos no futuro segurar toda a safra”, disse a dirigente, após a cerimônia de lançamento do plano, no Palácio do Planalto.

Kátia Abreu disse ainda que, no passado, o anúncio de um plano safra era seguido do que chama de “empurra-empurra de dívidas rurais”. Por isso, de acordo com ela, o anúncio de hoje representou uma novidade. “Se fazia isso [oferta de crédito agrícola] sem dar condições aos produtores do Brasil de sustentabilidade de renda”, avaliou.

O Plano Agrícola e Pecuário destina R$ 115,2 bilhões para a agricultura empresarial na safra 2012/13. Desses recursos, R$ 86,9 bilhões são para financiar o custeio e a comercialização e R$ 28,2 bilhões para os programas de investimentos. O novo plano ainda reduz de 6,75% para 5,5% a taxa anual de juros.

Edição: Davi Oliveira