Presidenta da Câmara em exercício diz que semana será de diálogo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 08:38, por: cdb

Ivan Richard
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidenta da Câmara em exercício, Rose de Freitas (PMDB-ES), disse há pouco que apesar da ausência do presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), que exercerá a Presidência da República até amanhã (27), a semana será de trabalho e negociações. “Vai ser uma semana de diálogo e de trabalho. Não vamos olhar paisagem”, resumiu.

Rose de Freitas disse à Agência Brasil que vai conversar com os parlamentares da bancada ruralista para tentar “avançar” no debate sobre o projeto da Lei Geral da Copa e o Código Florestal. “Não vamos votar [nada] até porque a presidenta está fora do país. Mas vamos dialogar com os ruralistas para ver se conseguimos avançar”.

As duas propostas estão paradas na Casa por falta de acordo para votação. Diversos partidos da base aliada e da oposição condicionam a apreciação do projeto da Lei Geral da Copa à votação ou, pelo menos, à marcação da data de análise do Código Florestal no plenário da Câmara. Alem disso, a pauta das sessões ordinárias da Câmara está trancada por nove medidas provisórias (MPs).

Caso não haja acordo para a apreciação das matérias, os deputados devem analisar algumas dessas MPs. A primeira a ser votada é a 549, que faz parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência. A medida isenta do PIS/Pasep e da Cofins produtos como próteses oculares e impressoras braille.

A presidenta em exercício da Câmara disse que hoje fará um levantamento dos projetos, MPs e propostas de emenda à Constituição (PECs) que estão prontos para votação. Ela apresentará o resultado amanhã na reunião de líderes.

Edição: Talita Cavalcante