Presença militar venezuelana é reforçada na fronteira com a Colômbia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 16 de junho de 2003 as 23:08, por: cdb

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Roy Chaderton, disse hoje, segunda-feira, que seu país reforçou sua fronteira com a Colômbia e agora tem na média um soldado por quilômetro de divisa.

Chaderton, que está visitando Bogotá, afirmou que com a medida a Venezuela está atendendo a um pedido das autoridades colombianas para evitar a atividade dos grupos rebeldes.

Na fronteira entre os dois países, operam grupos guerrilheiros de esquerda e paramilitares de direita colombianos que esporadicamente atravessam a divisa, o que provoca problemas diplomáticos.

A fronteira entre Venezuela e Colômbia tem mais de 2.200 quilômetros de extensão.

Os habitantes do lado colombiano acusam as forças oficiais venezuelanas de atravessar os limites para atacar as forças irregulares e algumas autoridades da Colômbia culpam as da Venezuela de dar refúgio aos insurgentes.

O chanceler venezuelano disse que “há uma diferença de percepção” entre os dois governos, pois “além do imenso número de efetivos que temos na fronteira, o aumentamos em 2.700 soldados”.

– Essa presença na fronteira é uma evidência incontestável de que há uma vontade de cooperação com a Colômbia – afirmou o ministro das Relações Exteriores da Venezuela.