Premiação de mostras encerra II Anápolis Festival de Cinema

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 21:14, por: cdb

O encerramento e a premiação do II Anápolis Festival de Cinema foram realizados na noite desta segunda-feira, 26, no Teatro Municipal. Durante oito dias, o evento cultural que foi um sucesso no ano passado voltou com muito mais, para os apaixonados pelo cinema nacional.

A cerimônia de encerramento contou com a presença do vice-prefeito João Gomes, do secretário municipal de Cultura, Augusto César de Almeida, da produtora executiva do evento, Débora Torres, a atriz e curadora da Mostra Curtas Anápolis, Mallú Moraes, os atores Leandro Firmino, Ingra Liberato e Rosamaria Murtinho, entre outras autoridades.

Toda a programação do II Anápolis Festival de Cinema, que aconteceu de 19 a 26 de março, foi aberta a toda comunidade que teve a oportunidade de acompanhar a exibição de filmes de produção regional e nacional gratuitamente. Após as exibições, um debate entre atores, produtores e o público participante permitiu a aproximação da plateia, gerando assim uma interação única oportunizada pelo Festival.

Durante o encerramento, foi exibido o curta O sumiço de Alice- de Aurora Miranda Leão. A programação do II Anápolis Festival de Cinema contou com mostras de longas-metragens de Ficção Brasileira Adhemar Gonzaga, curta- metragem Documentários do Centro-Oeste, e ainda curta Anápolis – Filmes de curtas-metragens.

Neste ano, cada mostra teve uma curadoria, que ficou a cargo de renomados nomes do cinema brasileiro. Junto à programação do II Anápolis Festival de Cinema, foi realizado paralelamente o Festivalzinho. A iniciativa permitiu a exibição de filmes para as crianças da rede municipal de ensino.

No Teatro Municipal foram ministradas, no decorrer do evento, oficinas de Cinema & Filosofia com Ada Kroef e Produção de Curta Digital de Baixo Custo com Alex Moleta. Os longas-metragens também foram apresentados nos bairros, e nos distritos de Goialândia e Souzânia, com a proposta de descentralizar as ações culturais do município. Durante o evento também foi realizado o I Encontro dos Cineclubistas Goianos e convidados. O resultado foi uma carta deliberativa lida durante o encerramento.

Segundo a produtora executiva do evento, Débora Torres, os desafios para realizar a segunda edição do Festival foram superados. “Podemos afirmar que o evento está consolidado. Anápolis está no calendário nacional e é conhecida como uma cidade que tem incentivos culturais e ainda boas produções. O intercâmbio do público com os profissionais de cinema estimula as pessoas da região a melhorar suas produções e veremos esses resultados ao longo do tempo”, observou.

O secretário municipal de Cultura, Augusto César Almeida, agradeceu ao público por valorizar a iniciativa da Prefeitura. “A presença de todos é muito importante para nós. Queremos incentivar e mostrar que em Anápolis é possível fazer produções audiovisuais. Esse é o nosso objetivo, difundir o cinema brasileiro e estimular nossas produções”, falou.

Em seu discurso, o vice-prefeito João Gomes destacou a importância que o evento tem para a cidade. “Esta administração tem a sensibilidade de pensar um município que tenha um crescimento em todos os sentidos. Pensamos em segurança, saúde, educação e também a cultura. Agradeço o esforço da equipe pela realização do Festival”, disse. 

Premiações

Os filmes selecionados para o II Anápolis Festival de Cinema concorreram ao troféu “Beto Leão de Cinema”.  O prêmio é uma homenagem in memoriam ao ex-crítico de cinema, pesquisador, roteirista, diretor, produtor e escritor goiano. Também serão conferidos o Troféu Anápolis (criação do artista plástico Napefi) aos vencedores e “Troféu Anápolis Homenagem” a nomes significativos do cinema brasileiro.

Vencedores II Anápolis Festival de Cinema:

Categoria: Longa-metragem de ficção “Adhemar Gonzaga”

 

– Melhor Filme de Ficção: Estômago – de Marcos Jorge

Prêmio: R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) mais troféu

 

– Melhor Direção: José Joffily – Olhos Azuis

Prêmio: R$ 12.500,00 (doze mil e quinhentos reais) mais troféu

 

– Melhor Ator: Irandhir Santos com o filme Olhos Azuis

Prêmio – R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Atriz- Ana Paula Arósio com o filme Como Esquecer

Prêmio: R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Ator Coadjuvante: Babú Santana com o filme Estômago

Prêmio: R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Atriz Coadjuvante: Fabíula Nascimentocom o filmeEstômago

Prêmio:R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Roteiro: Paulo Halm e Melanie Dimantas com o filme Olhos Azuis

Prêmio: R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Fotografia: Mauro Pinheiro Jr. – As melhores coisas do mundo

Prêmio: R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor direção de Arte: Cláudio Amaral Peixoto com o filme O Palhaço

Prêmio:R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu

 

Melhor Montagem: Pedro Bronz com o filme Olhos Azuis

Prêmio: R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu;

 

Melhor Som: Miriam  Biderman, ABC, e Ricardo Reiscom o filmeOnde está a Felicidade?

Prêmio:R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu;

 

– Melhor trilha Sonora- As melhores coisas do mundo – Bid

Prêmio:R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu;

 

Categoria: Curta-metragem Documentário do Centro-Oeste – Diga 33-de Angelo Lima

Prêmio:R$ 6.250,00 (seis mil duzentos e cinquenta reais) mais troféu;

 

Categoria Anápolis-Filmes de curtas-metragens:

 

– O Giro da Capelinha- de Arnaldo Salustiano de Moura

Prêmio Incentivar-Secretaria Municipal da Cultura à Produção de curta-metragem que será destinado à produção de um novo curta-metragem a ser produzido na região de Anápolis e exibido na abertura do 3º ANÁPOLIS FESTIVAL DE CINEMA – R$ 37.500,00 (trinta e sete mil e quinhentos reais) mais troféu;