Prefeitura trabalha no local do desabamento no Centro da cidade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 as 14:45, por: cdb

Prefeitura trabalha no local do desabamento no Centro da cidade

Vias continuam interditadas e população deve evitar se deslocar para a região

26/01/2012 » Autor: Texto: Anna Beatriz Cunha e Edna Ferreira / Fotos: Beth Santos

Após o desabamento de três prédios na noite desta quarta-feira, dia 25, na Avenida Treze de Maio, no Centro do Rio, as equipes da Prefeitura do Rio continuam trabalhando no local. Equipes da Defesa Civil, Guarda Municipal, Secretaria de Saúde, CET-Rio, Assistência Social, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar trabalham na área isolada.

Mais de 40 agentes da Defesa Civil e Secretaria Municipal de Saúde estão na região, tendo como suporte quatro ambulâncias para remoção das vítimas. Cerca de 200 homens da CET-Rio e da Guarda Municipal encontram-se nas ruas orientando o trânsito no entorno do desmoronamento. A CET-Rio também posicionou dez reboques na região e dez painéis em diferentes pontos da cidade. A Rioluz dá apoio com 20 homens, três caminhões do tipo cesto, geradores, equipamentos de segurança e iluminação. A Seconserva atua com 30 homens, dez caminhões e duas escavadeiras. A Comlurb conta com 30 homens, dez caminhões e duas pás mecânicas.

A Secretaria Municipal de Obras disponibilizou três escavadeiras hidráulicas, um guindaste de cem toneladas, duas tesouras mecânicas e um rompedor pneumático. A Secretaria de Ordem Pública patrulha a área com seis equipes de controle urbano, enquanto a Secretaria de Assistência Social atua com 20 profissionais.

O Centro de Operações está em alerta tomando as medidas necessárias, como deslocamento de equipes e acionamento de outros órgãos e concessionárias, para minimizar o impacto do desabamento e facilitar o trabalho das equipes. O monitoramento é feito por cerca de 50 operadores na Sala de Controle, que utilizam 15 câmeras na região afetada.

O prefeito Eduardo Paes acompanha o trabalho das equipes e falou sobre os resgates:

– Os bombeiros continuam as buscas e as equipes da prefeitura estão dando todo o apoio. O trabalho de limpeza avançou muito, com a retirada dos entulhos. Queremos acelerar o trabalho para que possamos saber o que de fato aconteceu.

Para permitir o trabalho das equipes da Prefeitura do Rio e dos Bombeiros no local do desabamento, a partir das 6h desta quinta-feira, dia 26, permanecem interditados os seguintes trechos: Avenida Treze de Maio, Avenida Almirante Barroso entre Avenida Rio Branco e Senador Dantas. Atenção: Rua Senador Dantas vai funcionar com mão invertida entre Avenida Almirante Barroso e Evaristo da Veiga. Para esta operação, agentes de trânsito trabalharão nos bloqueios com apoio de dez painéis informativos. Veículos que vierem da Praça da Cruz Vermelha e da Avenida República do Chile deverão seguir pela Rua Senador Dantas que estará com a mão invertida.

Por conta do trabalho das equipes, não será permitido o acesso aos prédios da Avenida Treze de Maio. A via continuará fechada para carros e pedestres.

Paes reforçou o pedido para que a população evite o Centro da cidade hoje:

– Pedimos para que as pessoas que trabalham na avenida Treze 13 de Maio e no entorno que não insistam em vir para cá, pois não estamos permitindo o acesso aos prédios. Tudo isso para ajudar os bombeiros e as equipes de resgate que precisam desse espaço liberado. O principal trabalho no dia de hoje e a prioridade aqui na região é do Corpo de Bombeiros para salvar vidas.

Os três prédios que desabaram eram comerciais e não há informação de pessoas que morassem no local. Um prédio era de 20 andares, outro de dez e um terceiro com quatro andares.

Quanto aos desaparecidos, até o momento as informações são de 21 pessoas que trabalhavam ou estudavam nos prédios e não voltaram para suas residências.

– Em relação aos desaparecidos, montamos na Câmara dos Vereadores uma estrutura para atender as famílias com assistentes sociais, enfermeiros, médicos e ambulâncias, completou Paes. 

Arquivos:  » Interdições –  –