Prefeitura se reúne com moradores da Nova Holanda e Nova Esperança

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 12:31, por: cdb

A prefeita em exercício Marilena Garcia esteve na tarde desta terça-feira (24) nos Bairros Nova Holanda e Nova Esperança. A visita teve como objetivo acertar detalhes da “Ocupação Social” que acontece nesta quinta-feira (26) na primeira comunidade. Na segunda foi realizada uma visita às obras do PAC que se encontra em finalização. Moradores presentes tiveram conhecimento sobre a implantação, no mês de março, do novo CRAS (Centro de Referência e Assistência Social) na localidade.

A implantação do CRAS na Nova Esperança é uma antiga reivindicação da população da localidade que não contava com o serviço nos últimos dois anos. Com o processo de pacificação realizado nas últimas semanas, o retorno do serviço pôde ser possível pelo município. “Desta vez estamos entregando à comunidade um centro totalmente novo, onde os moradores não terão apenas serviços de assistência social, mas também atividades integradas à outras secretarias”.
As Obras da Nova Esperança já contam com a urbanização de 4.200 metros de ruas do bairro, construção de um centro comunitário, além da construção de 64 unidades habitacionais, que serão entregues às famílias que residem próximo de rios, encostas e áreas impróprias para moradia.
Segundo a secretária de Assistência Social, Nilmara Valadares, a previsão de abertura do Centro acontecerá nas primeiras semanas de março. “Temos o espaço que já existe na comunidade e serve atualmente de centro de operações do PAC e que nos foi cedido. Estamos na fase de compra dos mobiliários que ocorrerá nas próximas semanas. Carteiras, quadros e cadeiras nos foram cedidos pela Secretaria de Educação. Dessa forma, comunidade terá em pouco tempo o seu CRAS reativado”, explica.

Ocupação Social mobilizará profissionais de sete secretarias na Nova Holanda

Para Marilena o Programa de Aceleração do Crescimento servirá como modelo ao processo de ocupação social que ser dará no município nos próximos dias. “O PAC da Nova Holanda representa para Macaé tudo aquilo que pode ser de positivo dentro de uma gestão integrada e comprometida. Por meio dos Governos federais e municipais foi possível transformar a realidade desta comunidade, com obras que passam da infraestrutura até o lazer. Com a ocupação social, pretendemos ampliar esse modelo de sucesso, oferecendo aos cidadãos a assistência que o município deve garantir aos seus cidadãos”, disse.
Ao final da visita, Marilena se reuniu com moradores secretários e coordenadores do PAC com o objetivo de acertar os últimos detalhes da “Ocupação Social” que acontece nesta quinta-feira. A mobilização consiste em obras emergenciais de infraestrutura, urbanização, limpeza de vias públicas e iluminação na localidade da Nova Holanda. A implantação de postos de saúde e de assistência social, educação e lazer no local também está nos planos do município.
Foi convocado todo o quadro de profissionais de cada secretaria entre Pedreiros, calceteiro (operário que faz empedramento de estradas, ruas), caminhões de limpeza e seus funcionários, retro escavadeiras, restauradores, profissionais da iluminação pública para colocação de postes, entre outros trabalhadores. A CEDAE participará da mobilização, oferecendo instalações de hidrômetros nas casas da localidade.
Segundo a prefeita em exercício, a ocupação terá continuidade com a abertura de postos de atendimento na área da saúde, educação, esportes lazer, além do programa “Mulheres da PAZ”. “Com a conclusão das obras do PAC, e as ações que a prefeitura pretende realizar, a população da Nova Holanda e Nova Esperança, saberão exatamente o significado das palavras mobilidade, acessibilidade e inclusão” destaca.
Ela ressaltou ainda que a Prefeitura de Macaé pretende manter a regularidade dos serviços nas localidades. “Com iniciativas como essas queremos manter o município presente em comunidades com políticas públicas eficientes, inclusive as de segurança. Estamos recuperando para estas áreas, antes comprometidas por consequência da violência. Dessa forma, garantiremos aos moradores o direito de ir e vir, se divertir e trabalhar em segurança.
Participaram da reunião os secretários de Desenvolvimento Econômico (Cliton Santos), Assistência Social (Nilmara Valadares), Defesa Civil (Marcos Schueller), Câmara de Gestão Integrada (Edmilson Jório), juntamente com o Gerente do PAC em Macaé (Wladimir Pascoal), representantes da secretaria de saúde, Infra-estrutura, EMOPI e CEDAE (Luciano Diniz) além dos Presidentes de Associações de Moradores de Bairro da Nova Holanda e Nova Esperança.