Prefeitura de Teresina bloqueia Bolsa Família a servidores públicos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de janeiro de 2005 as 17:14, por: cdb

A prefeitura de Teresina (PI) bloqueou o repasse do dinheiro do Bolsa Família aos 1.107 servidores públicos beneficiários do programa de transferência de renda do governo federal.

A suspensão valerá até que termine o trabalho de verificação de todo o cadastro dos beneficiários na capital piauiense. A revisão será feita de forma conjunta com os governos federal e estadual. A informação foi divulgada em nota do Ministério do Desenvolvimento Social e de Combate à Fome (MDS).

– O caso só se tornou público e passível de investigação por causa do esforço do Ministério do Desenvolvimento Social de ampliar a transparência e a rede de fiscalização em torno do programa. Disponibilizamos, em dezembro, os dados dos beneficiários e incentivamos as prefeituras a analisarem as informações. Isso deve ocorrer em todo o país – destacou a secretária Nacional de Renda de Cidadania, Rosani Cunha.

Segundo nota divulgada pelo MDS, depois da identificação de funcionários públicos que recebem o benefício, virá a segunda etapa do trabalho. Agentes comunitários de saúde e assistentes sociais do município visitarão as 33.761 famílias beneficiadas em Teresina.

O governador do Piauí, Wellington Dias, informou que pedirá a adoção de medida semelhante em todo o estado, onde 217.931 famílias são atendidas pelo programa. Durante reunião em que participaram o governador e o prefeito da cidade, Sílvio Mendes, a secretária de Renda de Cidadania disse ainda que a meta do governo é atingir, em 2005, todas as famílias que se encaixam nos critérios do programa. A prioridade será validar os cadastros e atender as famílias em situação de extrema pobreza.

O Ministério Público Federal acompanha os trabalhos de verificação do Bolsa Família, pelo convênio da Rede Pública de Fiscalização do programa. A punição, se forem constatadas irregularidades em Teresina, será adotada a partir da conclusão dos inquéritos administrativos instaurados.