Prefeitura de Imperatriz realiza ações de melhora da infra-estrutura escolar na Zona Rural

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 12:44, por: cdb

23/03/2012 15h41 – Atualizado em 23/03/2012 15h41 Prefeitura de Imperatriz realiza ações de melhora da infra-estrutura escolar na Zona Rural(Foto : divulgação SEMED)

 

Desde 2009 a Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), realiza ações e projetos de melhora da infra-estrutura escolar e consequente melhora da qualidade da educação oferecida na Rede Municipal de Ensino de Imperatriz. Neste sentido, a SEMED realiza, neste sábado (24), a reinauguração de escolas em povoados às margens da Estrada do Arroz na Zona Rural de Imperatriz.

Pela manhã acontece a reinauguração da Escola São Félix (Povoado São Félix) que recebeu obras de construção de muro e pintura. À tarde é a vez da Escola Municipal Enock Alvez Bezerra (Povoado Imbiral), que recebeu um poço artesiano.

E as ações continuam nesta na manhã da segunda-feira (29) com a reinauguração da Escola Municipal João Lisboa (Povoado Cacauzinho), que recebeu obras de adaptação de banheiros para pessoas com deficiência; Construção de muro; Reforma da cozinha e construção de refeitório; troca de portas, telhas, do piso e pintura.

Escola Municipal Enock Alvez Bezerra

A Escola Enock Alvez Bezerra, no povoado Imbiral, foi reinaugurada em dezembro de 2009, se tornando mais ampla e confortável para os alunos, contando com salas de aula para nove turmas de ensino regular e turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na época, além das obras de reforma e ampliação, a escola também recebeu um laboratório de informática. Hoje recebe o poço artesiano.

Segundo a coordenadora de educação do campo, as obras realizadas na escola e a assistência pedagógica dada à escola, através da SEMED, colocam em prática o lema ‘fazendo a educação do campo com qualidade’. “Através destas obras o prefeito Madeira está valorizando a educação em todos os aspectos, proporcionando mais qualidade e oportunidade para a educação do campo. O professor e os alunos estarão mais motivados e valorizados para desenvolver o trabalho com mais qualidade e a comunidade agradece”, afirmou Maria da Piedade Oliveira da Silva.