Prefeitura de Florianópolis participa da Semana de Mobilização da Saúde na Escola

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 10:43, por: cdb

foto/divulgação:

Os Ministérios da Saúde e da Educação lançam em 2012 a Primeira Semana de Mobilização da Saúde na Escola. O evento passará a acontecer anualmente com um tema nacional. A Prefeitura de Florianópolis aderiu ao projeto com uma estrutura que irá integrar as Secretarias Municipais de Educação e Saúde.

 

Para este ano o tema escolhido foi prevenção a obesidade, que deverá ser trabalhado pelas escolas ao longo dos dias cinco a nove de março, com foco nos alunos e suas famílias. Todas as 36 unidades educativas do ensino fundamental irão participar através do Programa Saúde na Escola, existente na rede desde 2008.

 

O intuito é incentivar as boas práticas de saúde para a melhoria do desenvolvimento integral das crianças, adolescentes e jovens no âmbito escolar.

 

A semana na Capital

 

Acontecerão de segunda a sexta feira da semana que vem (5 a 9/03),  diversas atividades em cada unidade, mas todas  têm um objetivo em comum:  coletar dados antropométricos, como peso e altura, de todos os alunos, principalmente na faixa etária de seis a dez anos. A partir disto, serão elaborados perfis de orientação nutricional. Estas metas fazem parte do termo de compromisso assinado pela Secretaria Municipal de Educação e de Saúde em dezembro de 2011.

 

Os dados coletados pelas escolas serão cadastrados no Sistema Integrado de Monitoramento Execução e Controle, do Ministério da Educação, e serão vinculados à matrícula do aluno como base para acompanhamento individual em longo prazo.

 

 

Visita

No dia seis de março o Ministério da Saúde enviará uma equipe para realizar filmagem, fotos e entrevistas em uma das escolas do município e com a coordenação do Programa Saúde na Escola. A unidade selecionada é a Escola Básica Municipal Batista Pereira, no Alto Ribeirão.

 

Áreas de atuação do PSE

 

O Programa Saúde na Escola (PSE) é referência nacional. A meta almejada pelas Secretarias Municipais de Educação e de Saúde é de monitorar todos os alunos da rede durante o período de curso do ensino fundamental. Desde 2008, o programa é desenvolvido em todas as escolas básicas e desdobradas da Capital, totalizando 36 unidades atendidas.

 

O objetivo é desenvolver ações de prevenção e promoção da saúde dos estudantes, divulgando informações educativas sobre os principais cuidados com o organismo, proporcionando a adoção de hábitos que contribuam para um desenvolvimento saudável.

 

O projeto é dividido em seis eixos principais que norteiam o trabalho dos postos de saúde e das escolas. São eles: promoção a alimentação saudável; prática de atividades físicas; educação para saúde sexual; prevenção ao uso de álcool, tabaco e outras drogas; promoção da cultura de paz e prevenção a violências; e promoção da saúde ambiental e desenvolvimento sustentável.