Prefeitura combate a dengue no bairro Farolândia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 16:04, por: cdb

A força-tarefa segue atuando no bairro Farolândia até esta quinta-feira, dia 26 (Fotos: Ascom/SMS)81% dos criadouros de dengue foram encontrados dentro de casa em locais como lavanderias, caixas d’agua e tonéis

As atividades de combate e prevenção à dengue já estão sendo intensificadas em toda capital. Durante esta quarta-feira, dia 25, foi a vez dos moradores do bairro Farolândia receberem a visita da força-tarefa de combate à dengue da Prefeitura de Aracaju.  A ação acontece em um momento importante, pois o primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa)  de 2012 apontou que 81% dos criadouros de dengue foram encontrados em depósitos domiciliares (locais dentro de casa)  como lavanderias, caixas d’agua e  tonéis.

O LIRAa de janeiro diagnosticou o descuido dos moradores de diversas localidades, inclusive do bairro Farolândia, em relação ao perigo da dengue. “A dengue deve ser controlada por todos: agentes de endemias, de limpeza e moradores. Quando uma pessoa não adota os cuidados necessários pode afetar várias outras famílias que moram na localidade, mesmo que essas famílias sejam cuidadosas. Somente com a prevenção manteremos o controle”, adverte o secretário municipal de Saúde, Silvio Santos.

“Temos um dos melhores programas de controle da dengue do País e a infestação do mosquito está sob o controle (médio risco), mas para continuar melhorando precisamos da colaboração de toda a população”, acrescentou o secretário municipal de Saúde.

Força-Tarefa

Com o objetivo de investigar e prevenir novos criadouros da dengue a força-tarefa segue atuando no bairro Farolândia até esta quinta-feira, dia 26. Vistoriar 1.500 imóveis na região é a principal meta da equipe composta por 25 agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Já os 10 agentes de limpeza da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) seguem recolhendo, recipientes, entulho de terrenos baldios e outros materiais que representam risco.

Em cada visita os agentes de endemias orientam e sensibilizam os populares sobre como prevenir a dengue dentro de casa. “Lavanderias e depósitos de água devem ser limpos pelo menos duas vezes por semana, escovando bem as laterais, pois os ovos do mosquito são resistentes e ficam grudados nesses locais. Quintais devem estar organizados com recipientes tampados ou guardados de cabeça para baixo”, orienta a supervisora da dengue no bairro Farolândia, Edjeane Scarlet.

“Ralos e sanitários em desuso também devem ser limpos duas vezes na semana, esfregados e tampados com tela. Adicionar água sanitária, cloro ou sal após a limpeza nesses locais também previne o surgimento de larvas do mosquito da dengue”, destaca o agente de endemias, Adriano dos Santos.

Prevenção

Muitos aracajuanos aprovam as atividades do Programa Municipal de Controle da Dengue, que de 2010 a 2011 conseguiu reduzir a infestação da dengue de 2,1 % para 1,7%, índice que conforme a classificação do Ministério da Saúde representa médio risco.  A aposentada Ivanda Almeida conta que toda a família dela já pratica importantes cuidados ensinados pelos agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde.

“Na minha casa toda semana organizamos o quintal, lavamos ralos e lavanderias e evitamos o acúmulo de água nos vasinhos de planta, fazendo furinhos na parte de baixo e colocando borra de café. Também retiramos a bandeja de baixo da geladeira toda semana para eliminar o acúmulo de água”, garante dona Ivanda, que ficou em alerta depois que a filha dela teve dengue no ano de 2006.