Prefeitura capacita beneficiários do Projeto Veredas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 12:40, por: cdb

Tweet   Dentro do programa de qualificação profissional que atende famílias transferidas de áreas de riscos para habitações doadas pela prefeitura de Porto Velho, mais uma turma será formada esta semana. Nesta quarta feira (25), na sede da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária e Habitação (Semur), alunos do curso de mecânica de motocicletas 150 cilindradas receberão seus certificados. Eles estão aptos a seguirem carreira de sucesso no mercado de trabalho.   O curso faz parte do Projeto Veredas I, II e III, mas foi realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). De acordo com a técnica social da Semur, Daiane Joice Peixoto, 15 pessoas foram convidadas, mas somente cinco concluíram o curso, sendo quatro homens e uma mulher. Em outra ocasião, mulheres se capacitaram no curso de manicuro e pedicuro. “Esse projeto tem como objetivo a geração de trabalho e renda, com vistas à melhoria da qualidade de vida dos beneficiários”, comentou.  A Prefeitura, através dos técnicos da Semur, em cumprimento das metas do Projeto Veredas, também desenvolve ações voltadas para a participação comunitária, educação sanitária e ambiental, sempre contando com participação efetiva e consciente da população beneficiária, num total de 100 famílias. O trabalho é voltado para melhoria das condições higiênicas, saúde, adequada manutenção e preservação dos domicílios construídos, proporcionando mais saúde e bem-estar aos moradores. 
Famílias
 
   As unidades habitacionais destinadas ao Projeto Veredas foram construídas em parceria com o Governo Federal, através do Ministério das Cidades. O Veredas I contemplou 20 famílias que ocupavam de forma irregular uma área do Município localizada à Rua José Vieira Caúla, bairro Cuniã. A 2ª etapa beneficiou 25 famílias e está situada no bairro Escola de Polícia. O Veredas III, na Rua Canoa com Cachoeira do Itapemirim, bairro Marcos Freire, contemplou 55 famílias carentes, todas retiradas de áreas de risco.     Seguindo orientações do prefeito Roberto Sobrinho e do secretário Ian Kleber Cerqueira, os técnicos da Semur continuam prestando toda assistência possível aos beneficiários do projeto no período de pós ocupação das unidades habitacionais, visando minimizar os impactos e atender outras demandas sociais em decorrência da própria mudança. 
Por Augusto José
Fotos: Arquivo Comdecom

Próximo &gt