Prefeitura busca manter equilíbrio das contas em 2012

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 14:54, por: cdb

Diante da meta colocada noinício do ano passado, de buscar o equilíbrio fiscal e atender às recomendaçõesdo Tribunal de Contas do Município (TCM), o secretário municipal da Fazenda,Joaquim Bahia, considerou a tarefa cumprida ao apresentar, nesta quarta-feira(29), aos vereadores integrantes da Comissão Permanente de Orçamento, Finançase Fiscalização da Câmara Municipal de Salvador, o relatório de gestão fiscalreferente ao terceiro quadrimestre de 2011.

 

Durante a apresentação, JoaquimBahia mostrou o ranking de crescimento de arrecadação entre as dez principaiscapitais, em que Salvadoraparece na liderança, com 21,9%. Também é da capital baiana o título de maiorincremento da arrecadação percentual da Dívida Ativa no ano passado, com175,13%. Com isso, o município apresentou um resultado primário de R$ 271,6milhões, três vezes maior que o estimado para o período. Os restos a pagarficaram em torno de R$ 48 milhões e devem ser quitados nos primeiros meses de2012.

 

Mesmo com o quadro financeiroatualmente favorável, o secretário alertou para a necessidade de manutenção demedidas de austeridade, a fim de que o Município possa aumentar a suacapacidade de investimento em projetos sociais e promoção do desenvolvimentourbano. “Temos que ter o controle permanente”, pontuou.

 

A estratégia adotada, que devepermanecer para esse ano, é o de incremento de receita aliado ao controle decustos, promovendo o equilíbrio fiscal. A Sefaz também deve desenvolver medidaspara estimular a otimização dos seus serviços.

 

As medidas adotadas pela Sefazdevem, de acordo com o secretário da pasta, gerar benefícios de médio e longoprazos para o Município. “Queremos deixar um legado significativo, com aautonomia financeira para as áreas de saúde e educação, regularização dosprecatórios, padronização de normas e procedimentos e o fortalecimentoinstitucional”, finalizou.