Prefeito Odelmo Leão destaca importância dos agronegócios

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 15:42, por: cdb

A Feira de Máquinas, Equipamentos e Implementos Agrícolas (Femec) foi aberta nesta terça-feira (27) com a presença do prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão; e do secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Alves do Nascimento. A Femec será realizada até sexta-feira (30), no Parque de Exposições do Camaru, sempre das 8h às 18h.

A Feira é uma iniciativa do Sindicato Rural de Uberlândia e conta com a parceria da Prefeitura de Uberlândia, por intermédio da Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento (SMAAB), que disponibilizou cursos e palestrantes e mobilizou os produtores rurais da região para participar da Femec. A SMMAB ainda montou um estande para apresentar ao público os programas oferecidos pela pasta desde segurança alimentar ao fomento da atividade agropecuária no município.

Em suas palavras, o prefeito Odelmo Leão disse que eventos como a Femec são incentivos ao produtor rural. Ele destacou que o setor é essencial para a economia do país. “É um grande evento. Nestes momentos, os produtores têm acesso a novas tecnologias de máquinas, implementos agrícolas e sementes. Para, logicamente, a partir de junho preparar o plantio da próxima safra. O produtor sempre foi desejoso disso”, disse o prefeito.

Já o secretário Elmiro Alves do Nascimento ressaltou o quanto é importante os investimentos em tecnologia para aumentar e melhorar a produção agrícola. “A grande virtude de Minas é uma agricultura variada. Tenho certeza que o mais rápido possível seremos o celeiro do Brasil. Praticamente já somos em vários produtos. A cadeia produtiva do agronegócio representa um terço do PIB Mineiro. E são feiras como essa que também impulsionam o Estado”, disse o secretário.

Esta é a primeira edição da Femec no Triângulo Mineiro e a programação conta com palestras, workshops, seminários e exposições. Um dos destaques é que com a Femec os produtores rurais terão acesso às novas tecnologias do setor e se informarão sobre linhas de crédito. Eles ainda estabelecerão negócios com os fabricantes e as instituições do ramo de implementos, máquinas, equipamentos, veículos utilitários, além de sementes e fertilizantes.

Quem visitar a Femec terá entrada franca e conhecerá o trabalho de 46 expositores. De acordo com os organizadores, a expectativa é que cerca de 20 mil pessoas passem pela Femec, que deve movimentar aproximadamente R$ 200 milhões.

A Feira é importante para Uberlândia, um município que possui uma área agricultável de 280 mil hectares, com capacidade de processamento de grãos superior a 2,2 milhões de toneladas por ano. Somente o setor de laticínios tem capacidade de processar mais de dois milhões de litros de leite por dia e coloca a cidade como a maior exportadora de leite em pó do Brasil.

“A Femec foi criada para gerar conhecimento, atualização e bons negócios para os produtores. Estão aqui os principais elos da cadeia produtiva do agronegócio. A Feira nasce no Estado, região e cidade certos, colocando Uberlândia no cenário de grandes feiras do agronegócio”, disse Thiago Fonseca, presidente do Sindicato Rural.

Programação

Quarta-feira – Dia 28 – 10h – Palestra “Agricultura de baixo carbono com ênfase na integração, lavoura, pecuária e floresta”
Quinta-feira – Dia 29 – 10h – Palestra “Regularização ambiental – O que pode mudar com a proposta do novo Código Florestal”
Sexta-feira – Dia 30 – 10h – Palestra “Legislação Trabalhista Rural”
Sexta-feira – Dia 30 – 11h – Palestra “Qualidade no campo, cálculo de custo hora / máquina”