Prefeito de BH também atuará para desistência de Virgílio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de janeiro de 2005 as 20:26, por: cdb

Num momento em que crescem as articulações para fortalecer o nome do deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (PT-SP) à presidência da Câmara, o prefeito de Belo Horizonte, o petista Fernando Pimentel, vai entrar em cena para tentar evitar o racha na bancada do partido.

Ele se encontrará na terça-feira com o deputado Virgílio Guimarães (MG) para convencê-lo a desistir da candidatura independente para suceder o deputado João Paulo Cunha (SP).

“Houve uma decisão do partido e o momento é de cautela e de buscar a unidade do partido e do governo para termos um presidente de consenso. O deputado Virgílio Guimarães vai fazer jus à sua sabedoria mineira e vai repensar essa decisão”, afirmou Pimentel a jornalistas após encontrar-se com o ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, nesta segunda-feira.

A possibilidade de Virgílio lançar seu nome, apesar da decisão consensual da bancada de escolher Greenhalgh, vem sendo alimentada em meio a um movimento de parlamentares da base aliada, autodenominado Câmara Forte.

Suas declarações, no entanto, sofreram grande resistência pelo governo, o que levou o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva a interceder no processo.

Nesta segunda-feira, deputados petistas, inclusive o atual presidente da Câmara, fizeram um ato de apoio a Greenhalgh. João Paulo declarou que vai se engajar na campanha de seu colega de partido.