Preço dos combustíveis colaboram para queda no IPC-S

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de abril de 2006 as 11:01, por: cdb

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 15 de abril ficou em 0,23%, abaixo da taxa de 0,30% registrada na semana anterior, conforme divulgou nesta segunda-feira a Fundação Getúlio Vargas. Os preços dos combustíveis foram os que mais contribuíram para o recuo do índice, que mede a inflação semanal. De acordo com a pesquisa da FGV, os preços do álcool recuaram de 11,83% para 5,29% e da gasolina de 2,04% para 0,87%. A taxa de variação do grupo Transportes foi a que mais caiu (de 1,25% para 0,66%) entre os dias 16 de março e 15 de abril, na comparação com os preços coletados entre os dias 16 de fevereiro e 15 de março.

Também recuaram a taxa de água e esgoto residencial (de 1,43% para 0,89%), o preço do gás de botijão (de 1,52% para 0,43%), ambos do grupo Habitação. No sentido contrário, os preços que mais subiram na segunda leitura do IPC-S foram das hortaliças e legumes (de 1,67% para 3,45%), pescados frescos (0,41% para 0,69%) e das roupas (de 1,08% para 1,91%).

Para o cálculo do índice, a Fundação Getúlio Vargas leva em conta os preços de cerca de 450 produtos e serviços usados por famílias com rendimento mensal de até 33 salários mínimos e residentes em sete capitais (Recife, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre).