Preço do petróleo cai após Venezuela e Opep decidirem aumentar produção

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de dezembro de 2002 as 18:01, por: cdb

Ministro da Energia da Venezuela, Rafael Ramirez garantiu nesta segunda-feira que a produção de petróleo do país aumentará em mais de um terço a partir da semana que vem. O país, um dos principais produtores do mundo, enfrenta um lockout dos gerentes da companhia petrolífera PDVSA há 29 dias.

A declaração do Ramirez fez com que a cotação internacional do petróleo virasse a mão e começasse a recuar.

Além da declaração do venezuelano, a possibilidade de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) determinar o aumento da produção da commodity a todos os países-membros, a fim de controlar os preços, deu mais tranqüilidade aos investidores. A notícia foi divulgada pelo jornal britânico The Times, a partir de afirmações de um ministro do Kuwait.

No final da tarde, o contrato de WTI para fevereiro recuava US$ 0,52 em Nova York, a US$ 32,20, enquantom a projeção de março cedia US$ 0,37, em US$ 31,43. Na bolsa de Londres, o brent de fevereiro cedia US$ 0,50, em US$ 29,66. O barril de março recuava US$ 0,55, em US$ 28,69.