Prazo do Irã sobre questão nuclear acaba nesta sexta-feira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 30 de outubro de 2003 as 13:20, por: cdb

O prazo do ultimato dado ao Irã para demonstrar que seu programa nuclear é estritamente civil termina nesta sexta-feira e Teerã se expõe a sanções internacionais se não conseguir convencer a ONU de suas boas intenções. A Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), que não pretende prorrogar o prazo, vai começar a redigir seu relatório aos países membros sobre o respeito ou não pelo Irã de seus engajamentos em matéria de não-proliferação.

Mohamed ElBaradei, diretor geral da Aiea, encaminhará o documento no dia 20 de novembro ao conselho de governadores, o órgão político da Aiea. Sob a pressão dos Estados Unidos e da União Européia, este conselho foi o responsável pela imposição aos iranianos em 12 de setembro passado do ultimato cujo prazo expira esta sexta-feira, para esclarecer todas as suas atividades passadas e renunciar ao enriquecimento de urânio, o que poderia servir para a fabricação da bomba atômica.

Se o informe de ElBaradei não for favorável ao Irã, o conselho de governadores poderá repassá-lo ao Conselho de Segurança das Nações Unidas, que por sua vez estaria encarregado de decretar eventuais sessões internacionais.