Praça da Paz Celestial permanece calma após morte de Ziyang

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 17 de janeiro de 2005 as 06:18, por: cdb

A praça de Praça da Paz Celestial, centro das manifestações estudantis que provocaram em 1989 a queda em desgraça do ex-dirigente Zhao Ziyang, permaneceu em calma nesta segunda-feira depois de ser divulgada a notícia de sua morte, embora dezenas de polícias patrulhassem o lugar.

Foi precisamente ali, em 19 de maio de 1989, quando se viu pela última vez em público o secretário-geral do Partido Comunista Chinês (PCCh), Zhao Ziyang, morto esta manhã, que tentou sem êxito que os estudantes se fossem.

– A morte de Zhao poderia se transformar em uma faísca que cria uma oportunidade e um foco emocional para muitos elementos insatisfeitos. – destacou à imprensa americana um especialista em política chinesa, Andrew Nathan.