Potências enviam à ONU novo pacote de sanções ao Irã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de março de 2007 as 20:13, por: cdb

Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia, China e Alemanha aprovaram nesta quinta-feira a proposta de um novo pacote de sanções contra o Irã para pressionar o governo iraniano a interromper o seu programa nuclear.

O documento aprovado pela seis potências foi enviado pelo embaixador britânico na ONU aos dez membros não-permanentes do Conselho de Segurança das Nações Unidas que não participaram das negociações sobre o assunto.

O pacote inclui a proibição de venda de armamentos para o Irã e outras punições econômicas. Entre as medidas está o bloqueio de bens de todos os envolvidos com os programas nuclear e de mísseis do Irã, além da proibição de novas doações e empréstimos para o governo iraniano.

Embaixadores dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Rússia e China) e da Alemanha elaboraram um rascunho de resolução depois que o Irã se recusou a paralisar suas atividades de enriquecimento de urânio.

O Irã afirma que seu programa nuclear tem fins exclusivamente pacíficos, mas governos ocidentais suspeitam que o país pretenda desenvolver armas nucleares.

Em dezembro, o Conselho de Segurança votou de forma unânime para impor um primeiro conjunto de sanções limitadas contra o Irã devido a decisão do país de se recusar a paralisar o processo de enriquecimento de urânio.

Antes do rascunho de resolução ser apresentado, o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, afirmou que a iniciativa não iria influenciar seu país.

– Divulgar estes pedaços de papel não terá um impacto na vontade da nação iraniana -, disse o presidente em uma manifestação na região central do país.

O embaixador da África do Sul na ONU, Dumisani Kumalo, afirmou que agora os dez membros não-permanentes do Conselho de Segurança querem manifestar suas opiniões sobre o assunto.