Postos de saúde do Rio atendem 900 pessoas no Réveillon

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 2 de janeiro de 2006 as 00:02, por: cdb

Postos de saúde do município atenderam a 900 pessoas nos nove pontos de festa de final de ano da cidade do Rio. Apenas em Copacabana, onde cerca de dois milhões de pessoas se reuniram para comemorar a chegada do Ano Novo, foram atendidas 600 pessoas, sendo a maioria por excesso de ingestão de bebidas alcoólicas.

Dentre as 900 pessoas atendidas, apenas 14 precisaram ser encaminhadas para hospitais. Entre os casos de mais urgência estavam o de duas mulheres que entraram em trabalho de parto e tiveram de ser levadas para o Hospital Miguel Couto, na zona sul da cidade. Já a Guarda Municipal considerou a passagem de ano do carioca uma festa tranqüila, na qual foram registradas 58 ocorrências. O número é inferior à média registrada nos últimos três anos. Entre as ocorrências estavam 21 crianças que se perderam dos pais, oito acidentes de carro sem vítimas e a apreensão de mercadorias.

A festa também foi considerada mais limpa do que a do ano passado. A Companhia de Limpeza Urbana do Rio (Comlurb) recolheu 624 toneladas de lixo em toda a orla da cidade, ou seja 10% a menos do que no ano passado.