Portugal será aliado “mais fiel” do Brasil para vaga em conselho da ONU, diz primeiro-ministro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 2 de janeiro de 2011 as 12:05, por: cdb

Brasília – O primeiro-ministro de Portugal, José Sócrates, destacou hoje (2), durante encontro com a presidenta Dilma Rousseff, o apoio do país europeu para que o Brasil ocupe uma vaga permanente no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU).

“Tive a oportunidade de dizer à presidenta do Brasil que pode contar com Portugal como mais fiel e mais próximo aliado, no que vai ser a caminhada do Brasil para ocupar o seu espaço no Conselho [de Segurança] das Nações [Unidas]”, destacou.

Ontem (1º), na cerimônia de posse de Dilma, Sócrates já havia defendido a entrada no Brasil na instituição, que conta com cinco membros permanentes (Estados Unidos, China, Reino Unido, França e Rússia). Ele disse também, na ocasião, que assistiu a toda a transformação passada pelo Brasil nos oito ano de governo Lula e que, ao mudar o país, “mudou também a visão do mundo sobre o Brasil”.

Edição: Talita Cavalcante

Leia também:

José Sócrates se reúne com Dilma, mas evita tratar de títulos da dívida portuguesa Primeiro-ministro de Portugal defende que Brasil ocupe uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU