Porque Scorsese vai ganhar o Oscar por O aviador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de janeiro de 2005 as 10:16, por: cdb

Até hoje é um mistério o fato de o cineasta Martin Scorsese jamais ter levado um Oscar para casa. O diretor já foi indicado seis vezes ao prêmio (quatro como diretor e duas como roteirista) e nunca ganhou. Os filmes pelo qual foi indicado também só depõem contra a seriedade da premiação da indústria norte-americana. A primeira vez foi em O touro indomável, uma obra prima inquestionável.
 
Daí, Scorsese ainda teve o desgosto de perder em A última tentação de Cristo, Os bons companheiros (onde foi indicado também como roteirista) e no recente Gangues de Nova York. Seu roteiro de A época da inocência também passou despercebido pela premiação. 
 
A maior ameaça de Scorsese esse ano é Clint Eastwood. Porém, nada parece mais justo do que premiar o diretor de O aviador. Eastwood já ganhou Oscar até pelo conjunto da obra. No mais, Taylor Hackford vai ser um dos poucos que vai ficar fora da enxurrada de prêmios que Ray vai ganhar (inclusive melhor ator). Alexander Payne é muito jovem para ganhar o prêmio e sua filmografia ainda é curta (apesar de ser um dos maiores cineastas americanos oriundos dos anos 90). E Mike Leigh, sensível cineasta que melhor retratou a classe operária inglesa, não tem nada a ver com o Oscar. Apesar de essa já ser sua segunda indicação como diretor.
 
Ainda não conhecemos O aviador, que ainda vai estrear por aqui. Se for tão ruim quanto Gangues de Nova York, outra derrota não será novidade. Mas é que a Academia parece não enxergar os filmes de Scorsese.