Política habitacional e alimentação adequada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 14:51, por: cdb

No programa de rádio Conversa com o Governador desta semana, Agnelo Queiroz destacou a política habitacional no DF, a instituição da Rede Mulher Rural, a entrega de mais um restaurante comunitário e a oferta de café da manhã reforçado nas escolas públicas

Secretaria de Comunicação

Foi ao ar nesta terça-feira (27) mais uma edição do programa de rádio Conversa com o Governador. Agnelo Queiroz destacou a Política Habitacional do Distrito Federal, as ações direcionadas às mulheres, a inauguração do 13º Restaurante Comunitário no DF e a distribuição de café da manhã nas escolas.

 

O governador iniciou o programa destacando a entrega de mais de 66 unidades habitacionais para as famílias de baixa renda da Vila Dnocs, em Sobradinho, ocorrida na última semana. Ao todo, serão entregues 429 unidades para famílias da comunidade. “Estamos mudando o modelo da Política Habitacional no Distrito Federal”, afirmou.

 

“As pessoas terão a sua casa ou apartamento em local apropriado, com condições dignas e urbanização adequada. E o mais importante: vamos entregar o imóvel com a documentação. Tudo legalizado, com muito respeito às pessoas. E, claro, com os serviços essenciais: postos de saúde, segurança, escola e transporte. A nossa meta é construir 100 mil moradias até 2014”, adiantou Agnelo Queiroz.

 

Outro avanço apontado por Agnelo Queiroz na área social foi o lançamento da Rede Mulher Rural em Planaltina, no Núcleo Rural Taquara. O programa tem como objetivo valorizar as mulheres e as trabalhadoras rurais oferecendo a elas serviços e informações. Um dos equipamentos colocados à disposição foi a Unidade Móvel de Saúde, inaugurada nas comemorações pelo Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, em Ceilândia.

 

O caminhão foi montado para levar atendimento a mulheres que moram em comunidades distantes e onde o deslocamento é mais difícil. A unidade móvel está preparada para fazer exames como mamografia, ecografia e coleta de material para a realização do Papanicolau. “A unidade móvel é uma medida que garante realmente o acesso à saúde para quem mais precisa. Essa é uma mudança de comportamento. Nós é que estamos levando o serviço de saúde até a porta da pessoa que precisa fazer estes exames”, enfatizou o governador.

 

Alimentação – Agnelo Queiroz falou também sobre o restaurante comunitário inaugurado no Riacho Fundo II, na semana passada. A unidade serve mais de 3 mil refeições ao dia para pessoas em risco alimentar, por R$ 1. “Não podemos admitir que uma pessoa sequer não tenha acesso à comida. É mais do que uma questão de cidadania, é um direito à alimentação adequada.”

 

“Aqui no Distrito Federal, meu governo trabalha para incluir as famílias carentes, aquelas que estão em situação de vulnerabilidade social. Temos programas de distribuição de alimentos que atendem a mais de 40 mil famílias, todas de baixa renda”, explicou o governador.

 

O governador ressaltou a distribuição de café da manhã reforçado para os alunos das escolas públicas de áreas vulneráveis do Distrito Federal. “Isso ajuda muito no desempenho, na concentração e a gostar da escola”, salientou Agnelo Queiroz.

 

Ele ressaltou que os alimentos servidos no café da manhã são produzidos por agricultores locais, principalmente os familiares. “Todo mundo sabe que a alimentação influencia diretamente no aprendizado”, avaliou.

 

Com relação aos avanços no combate à desigualdade social que ainda persiste em Brasília, Agnelo Queiroz finalizou a entrevista com firmeza: “não se pode conviver mais com realidades tão distintas em um mesmo local.”

 

O programa – O Conversa com o Governador é transmitido pela rádio Cultura FM (100,9) às 7h, com retransmissões às 9h, 12h e 18h30. Criado pela Secretaria de Comunicação Social, o programa tem duplo desafio: estreitar o diálogo com a população e prestar contas das ações adotadas pela atual gestão do GDF para melhorar a qualidade de vida e conferir excelência aos serviços públicos.

Entre os temas já abordados estão transparência, agricultura, saúde, segurança pública, Copa do Mundo de 2014, Copa das Confederações, transporte, internet banda larga, servidores públicos, valorização dos idosos, cultura, habitação, educação, cuidados com a infância, prioridades para 2012, criação de parques no Distrito Federal, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Entorno, regularização fundiária, Carnaval 2012, Política de Resíduos Sólidos, modelo de transporte público do DF e políticas de atenção à mulher.

Todo o conteúdo do programa está disponível para download na página da Agência Brasília de Notícias na internet. A reprodução é livre, desde que citado o crédito dos realizadores.