Polícia prende chefe do ELN

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de maio de 2003 as 23:53, por: cdb

A Polícia colombiana deteve dez guerrilheiros do ELN em Medellín, entre eles Saúl Enrique Nieto Mejía, conhecido como “Ezequiel”, considerado como um dos chefes do grupo rebelde nesta terça-feira, o organismo.

Nieto Mejía e os outros nove acusados de pertencerem ao Exército de Libertação Nacional (ELN) foram presos na segunda-feira em um bairro populoso de Medellín (capital do departamento de Antioquia, 400 quilômetros ao noroeste de Bogotá), mas só hoje se confirmou sua identidade.

A detenção, dentro da Operação Fulgor II realizada pela Polícia, ocorreu em uma casa do bairro Santa Mónica de la Comuna 13, um distrito de bairros pobres das colinas de Medellín, onde foram confiscados explosivos, armas, munição, dinheiro e equipamentos de comunicação.

Segundo a Polícia “Ezequiel” é o chefe do “bloco noroeste” do ELN e pertence à direção nacional do ELN, cujo máximo dirigente é Nicolás Rodríguez Bautista, conhecido como “Gabino”.