Polícia haitiana decide caçar ex-soldados rebeldes

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 12 de fevereiro de 2005 as 10:19, por: cdb

A polícia haitiana lançou uma caçada na sexta-feira a ex-soldados acusados de matar quatro policiais e autoridades interinas do Haiti disseram que os policiais vão massacrar os homens classificados como bandidos.

O chefe de polícia, Leon Charles, disse que a busca é por Remissainthe Ravix, o líder dos ex-soldados. Ele descartou negociar com o grupo.

O anúncio veio um dia depois de a polícia haitiana, apoiada por cerca de 150 homens da força de paz da ONU comandada pelo Brasil, realizar uma operação no quartel-general dos ex-soldados nas cercanias da capital. Os alvos da operação, no entanto, já haviam deixado o local.

Um porta-voz da polícia disse que três pessoas foram presas e que uniformes de exército foram confiscados além de papéis que conteriam planos para um ataque ao Palácio Nacional. As autoridades ainda analisavam os papéis.

De acordo com Charles, as operações serão levadas para outras áreas “onde esses bandidos” estão.

“A polícia decidiu combater esta situação, atacar e realmente caçar aqueles que mancham a nobre imagem das instituições militares. Eles não são nada além de bandidos”, disse Charles, um ex-tenente do Exército.