Polícia Federal participa no Rio de operação no morro da Mangueira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 17:33, por: cdb

Um suspeito morto e dois presos foi o balanço da primeira ação conjunta de combate ao tráfico de drogas envolvendo policiais estaduais e federais, iniciada no fim da madrugada desta quinta-feira, no morro da Mangueira, na Zona Norte da cidade.

Participaram da operação 40 policiais federais, cerca de 400 policiais civis e militares, além de dois helicópteros e 110 carros de patrulha do Grupamento Tático Móvel da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (Getam). Durante aproximadamente seis horas os policiais ocuparam o Morro da Mangueira, principalmente as áreas de domínio dos traficantes.

Um homem que reagiu a tiros à ação foi morto pela polícia, que prendeu dois outros acusados de serem traficantes. Um deles, Wanderson Felício Aguiar, conhecido como Lamparina, é suspeito de participar no assassinato do diretor de bateria da Escola de Samba Mangueira, Robson Roque.

O secretário de Segurança Pública, Marcelo Itagiba, considerou a operação um sucesso. Segundo ele, a ação conjunta mostrou “a capacidade de integração das forças estaduais e federais para intimidar os bandidos e levar segurança às comunidades carentes”.

Itagiba também destacou que as operações conjuntas, a partir de agora, serão freqüentes e com um número maior de policiais. Com relação à presença de militares das Forças Armadas, o Secretário Marcelo Itagiba disse que “caberá sempre ao Governo Federal decidir que forças serão empregadas. O mais importante é a união na intensificação da repressão ao crime”.

A operação no Morro da Mangueira contra o tráfico de drogas é realizada menos de uma semana depois de o Gabinete de Gestão Integrada de Segurança Pública ter se reunido em Brasília e no Rio de Janeiro.