Polícia Federal obtém quebra de sigilo telefônico de jornal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de novembro de 2006 as 19:39, por: cdb

A Polícia Federal já tem em mãos o extrato de dois telefones, um celular e um fixo, utilizados por jornalistas do jornal “Folha de S.Paulo”, que estão entre 800 sigilos telefônicos quebrados, com autorização judicial. Os telefones são do Comitê de Imprensa da Câmara dos Deputados.

A área de inteligência da PF, que investiga a suposta compra do dossiê contra tucano por petistas, achou necessário pedir a quebra dos sigilos desses dois números, a partir de 15 de setembro, por ter encontrado grande volume de ligações em horários muito diferentes para Gedimar Passos.

Passos trabalhava no extinto núcleo de inteligência da campanha à reeleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e foi preso no hotel Íbis, em São Paulo, com cerca de R$ 1,7 milhão. O dinheiro seria usado na tentativa de compra de um dossiê contra políticos tucanos.