Polícia de Salvador investiga morte misteriosa de jovem

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 04:40, por: cdb

Um misterioso caso que resultou na morte de uma jovem de prenome Michele e deixou outra em estado grave está sendo investigado por policiais da 10ª Delegacia (Pau da Lima). Ambas foram esfaqueadas e apedrejadas. Os corpos ficaram completamente desfigurados.

As jovens foram encontradas em via pública, na Rua Direta da Mata Escura, em Salvador, no início da manhã do último domingo, e levadas para o Hospital Roberto Santos. Michele já chegou morta, enquanto Carla Santos Soares, ambas com cerca de 25 anos, foi transferida para o HGE e internada em estado grave, com fraturas no rosto e cortes na cabeça.

Era por volta das 7h30 quando militares da 48ª Companhia Independente (Sussuarana) que ocupavam a viatura de prefixo 4802, comandados pelo sargento Ferreira, foram informados que havia duas mulheres defalecidas em via pública, nas proximidades do Conjunto Residencial Santo Inácio.

Elas estavam sem documentos, mas, ao serem socorridas para o Roberto Santos, Carla conseguiu se identificar, disse o prenome da amiga e que moravam no Areal, não especificando em que bairro. Mesmo com dificuldades para falar, pois sofreu lesões na boca, contou ainda terem sido atingidas com pedradas, golpes de faca, socos, murros e pontapés.

Michele vestia calça jeans marrom e bustiê preto, estando calçada com tênis cinza. Já Carla trajava calça jeans azul, blusa de malha preta e também usava tênis cinza. O caso foi registrado na 10ª Delegacia (Pau da Lima), onde até domingo não havia maiores detalhes sobre os crimes. Agentes da delegacia de Homicídios (DH) também deverão investigar o caso.