Polícia colombiana captura 110 membros das Farc

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 28 de setembro de 2003 as 23:25, por: cdb

A Polícia colombiana capturou nas últimas horas 110 pessoas que acredita serem guerrilheiros e colaboradores das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), a maior e mais antiga guerrilha do país, em operações realizadas em três regiões do país, informaram neste domingo fontes oficiais.

Segundo este informe, 30 suspeitos foram presos no município de Quinchía (350 quilômetros a oeste de Bogotá, no departamento de Risaralda). Entre os presos estão o prefeito desta cidade, dois vereadores e dois candidatos a cargos públicos, disseram porta-vozes da Polícia citados pela imprensa.

Outras 30 pessoas acusadas de cooperar com as Farc, que têm um efetivo de 17 mil homens e 39 anos de atividades, foram presas no porto de Buenaventura (560 quilômetros a sudoeste de Bogotá, na Costa do Pacífico), acrescentou o informe.

Uma terceira operação realizada no município de Viotá terminou com a captura de 50 suspeitos de integrar uma rede de apoio das Farc no departamento de Cundinamarca, do qual Bogotá é a capital.

Os 110 presos foram colocados à disposição da Promotoria, de acordo com o informe das autoridades. Na sexta-feira passada, o comandante da Marinha Mauricio Soto informou a captura de 30 rebeldes das Farc na região dos Montes de Maria, no departamento de Bolívar.