PMDB adia eleição de Sarney para o Senado por falta de consenso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 19 de setembro de 2001 as 11:50, por: cdb

A eleição do novo presidente do SenadoFederal foi adiada para esta quinta-feira, às 10h, no plenário da Casa. A votação estava prevista para a tarde desta quarta-feira, mas a falta de um nome para ocupar o cargo causou o adiamento. O novo nome deverá ser capaz de contornar a crise na instituição e contar com o apoio das forças políticas majoritárias no Senado.

O PMDB não consegue chegar a um consenso em torno do nome da candidatura do senador José Sarney (AP). A justificativa oficial para o adiamento da eleição é o fato de que estava marcada para esta manhã, às 11h, uma sessão do Congresso Nacional. Segundo o vice-presidente do Senado, Edison Lobão (PFL-MA), a sessão do Senado só poderia ser realizada à tarde, sendo que está na pauta a votação da Lei das Sociedades Anônimas. Como o projeto é prioritário, Lobão alegou que seria impossível realizar a sessão e, em seguida, a votação para escolha do novo presidente da Casa.