Planejamento e IBGE negam censura na divulgação de pesquisas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 31 de janeiro de 2005 as 20:58, por: cdb

O Ministério do Planejamento e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) negaram hoje, em nota à imprensa, que a instituição de pesquisa esteja sofrendo “qualquer tipo de censura”, por causa da Portaria 15 de 27 de janeiro de 2004, que prevê a apresentação do resultado dos estudos estruturais do IBGE ao Ministério, antes da divulgação para a imprensa.

Segundo a nota, a portaria foi assinada pelo ministro interino do Planejamento, Nelson Machado, por solicitação do próprio IBGE, com o objetivo de controlar o fluxo de informações. A prática seria adotada por institutos de estatística de vários países.

– Não existe a possibilidade de manipulação de dados, pois o Instituto tem ampla autonomia para produzir e analisar as pesquisas que realiza e, principalmente, pela responsabilidade, seriedade e fidelidade aos resultados de seus técnicos e de sua direção – diz a nota. – As pesquisas são extensas e complexas e já estão tabuladas, formatadas e impressas quando são repassadas ao Ministério.

Ainda de acordo com a nota, “a motivação do Planejamento é a utilização como fonte de pesquisa e estudo da realidade do país para avaliação da efetividade das políticas públicas e no acompanhamento dos programas do Plano Plurianual de desenvolvimento”.