Pistoleiros matam congressista colombiano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 8 de novembro de 2003 as 14:49, por: cdb

O congresista colombiano Arcángel Clavijo, representante na Câmara pelo departamento de Valle, foi assassinado na madrugada deste sábado por pistoleiros em um restaurante nos arredores de Cali, 500 km a sudoeste de Bogotá. O parlamentar liberal foi atacado a tiros quando estava com amigos no restaurante situado na estrada entre Cali e o município de Jamundí, informou o comandante da polícia local, coronel Oscar Naranjo.

As autoridades desconhecem até o momento as motivações do crime e iniciaram as investigações para identificar e encontrar os assassinos de Clavijo. Milena Gómez, mulher do congressista, explicou que Clavijo andava sem seguranças e que à noite foi para o restaurante, após chegar de Bogotá.

– Não há perdão para a forma como o mataram. Parece que dois homens se aproximaram do local, ameaçaram o porteiro na entrada, entraram, perguntaram por ele, o cumprimentaram e atiraram de frente – disse a mulher de Clavijo, em declarações à Rádio Caracol. Segundo Gómez, o parlamentar, que tinha cinco filhos, se sentia seguro e costumava dispensar seus seguranças de vez em quando, principalmente em atividades pessoais.

O deputado Wilson Borja, do partido Polo Democrático, disse à imprensa que Clavijo havia recebido ameaças de morte, assim como outros congressistas. Dirigentes políticos condenaram o assassinato do deputado e pediram às autoridades que esclareçam o crime e encontrem os responsáveis.