PFL não quer perder Roseana para PMDB

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2005 as 11:30, por: cdb

O PFL reagiu nesta sexta-feira à possível ida de Roseana Sarney para o PMDB em troca de um ministério. A cúpula do partido achou precipitada a informação do senador Renan Calheiros (PMDB) de que a filha de José Sarney trocaria o partido por uma pasta no alto escalão.

A possível indicação de Roseana a ministra teria sido discutida numa reunião reservada entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva; o presidente do Senado, José Sarney, e Calheiros.

– Não fica bem para um futuro presidente da Casa, que nós apoiamos e em quem confiamos, participar desta articulação – disse o senador Heráclito Fortes (PFL-PI), vice-líder, mandando um recado em nome de sua bancada.

O recado pefelista não terá outros desdobramentos políticos – o PFL continua firme no apoio a Calheiros -, mas deixa claro que o pemedebista assumirá o Senado tendo um débito com a oposição.

– Quem viabilizou a candidatura do Renan não foi o Palácio do Planalto  – pontuou Fortes.