Petróleo termina quase estável após início pressionado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 20:08, por: cdb

O petróleo negociado em Nova York fechou abaixo de 49 dólares por barril nesta quinta-feira, devolvendo parte da alta exibida mais cedo.

O barril terminou a 48,84 dólares, em alta de 0,06 dólar. Os preços chegaram a subir para 49,65 dólares por conta da preocupação sobre eventuais ataques a instalações petrolíferas no Iraque antes da eleição de domingo.

A interrupção das exportações da petrolífera russa Yukos em fevereiro também influenciou o mercado.

Em Londres, o tipo Brent caiu 0,07 dólar e foi negociado a 46,44 dólares por barril.

As temperaturas frias no nordeste dos EUA, o maior mercado consumidor de óleo para aquecimento no mundo, devem subir no fim de semana e no início da próxima semana.

Também influenciaram a sessão os sinais da Arábia Saudita de que um novo corte na produção pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) não era iminente.

– Todas as indicações são de que a Opep vai manter o atual nível de produção e indicar um possível corte em março, mas surpresas são possíveis – disse o analista do BNP Paribas Tom Bentz.