Petróleo registra novo recorde, a US$ 74,10

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 20 de abril de 2006 as 07:43, por: cdb

O barril do petróleo tipo Brent bateu um novo recorde ao atingir a cotação de US$ 74,10 nesta quinta-feira, após uma queda nos estoques de gasolina nos Estados Unidos e com as preocupações sobre o impasse nuclear entre o Irã e o Ocidente, que pode cortar o fornecimento do quarto maior produtor mundial. Às 5h (horário de Brasília) o preço do petróleo Brent subiu US$ 0,37 e foi cotado a US$ 74,10 o barril.

O preço do barril de petróleo da Opep também atingiu um novo recorde histórico ao ser cotado, nesta quinta-feira, a US$ 66,36, US$ 0,56 a mais que na véspera, informou hoje em Viena o secretariado da organização.

Essa nova alta significa o sexto recorde histórico nominal nos últimos sete dias de cotação da “cesta Opep”, calculada com base no tipo de petróleo mais representativo de cada um dos 11 membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A cotação do barril da Opep subiu 12% nas últimas três semanas, devido ao conflito sobre o programa nuclear do Irã, o efeito da violência sobre a produção na Nigéria e os problemas de refino registrados nos EUA.

A queda das reservas de petróleo e de outros combustíveis nos Estados Unidos, especialmente de gasolina, elevou, nesta quarta-feira, o preço do petróleo do Texas (WTI, leve) até os US$ 72,17, novo recorde em Nova York.

Enquanto isso, o barril do Brent para entrega em junho era negociado nesta quinta-feira a US$ 74,22 às 8h02 GMT (5h02 de Brasília), US$ 0,49 acima do recorde anterior registrado no pregão da véspera.