Petrobras e empresas privadas fecham compra da Ipiranga

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 19 de março de 2007 as 20:49, por: cdb

A estatal Petrobras juntamente com os grupos privados Braskem e Ultra anunciaram nesta segunda-feira um acordo para a compra do grupo Ipiranga, mais antiga distribuidora de combustíveis do país. Criada na década de 1930, a empresa nacional também é dona de fábricas de asfalto, refinarias e usinas petroquímicas. Possui postos também na Argentina e Chile. A compra ainda será submetida ao Conselho de Administrativo de Defesa Econômica (Cade), segundo nota da Petrobras.

O grupo Ipiranga vinha sofrendo de crise financeira há dois anos e já havia pedido ajuda financeira do governo federal. A usina petroquímica da empresa no Rio Grande do Sul chegou a ficar fora de operação em 2005, por causa do grupo financeiro.

Pelo acordo, o grupo Ultra fica com os postos de combustíveis das regiões Sul e Sudeste, mantendo a marca Ipiranga. A Petrobras assumirá os postos de Norte, Nordeste e Centro-Oeste com a bandeira BR Distribuidora. No setor petroquímico, a Braskem fica com 60% das ações da Ipiranga e a Petrobras, com o restante. O controle da refinaria da Ipiranga no Rio Grande do Sul será dividido em partes iguais pelos três aquisitores.

Com origem também na década de 1930, o grupo de investimentos brasileiro Ultra é dono da empresa Ultragaz. O Braskem atua na área de química e petroquímica.