Petrobras amplia contratação de micro e pequenas empresas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 26 de novembro de 2005 as 12:08, por: cdb

Parceria firmada entre a Petrobras e o Serviço de Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sebrae) vai ampliar o percentual de micro e pequenas empresas no cadastro de fornecedores de bens e serviços da estatal. O índice atual é considerado muito reduzido, da ordem de 13% do total de 6 mil fornecedores.

Em entrevista à Agência Brasil, o coordenador de Relações com Cadastros Regionais da Petrobras, José Luiz de Oliveira Reis, estimou que o trabalho pretende melhorar essa relação, elevando os atuais 13% de participação das micro e pequenas empresas para 25% em curto prazo. “O importante é não ficar no estágio em que está. Ou seja, ampliar a oportunidade da participação, dentro de um processo de responsabilidade social que existe na Petrobras”.

A ampliação do cadastro de fornecedores tem também o objetivo de atender ao novo requisito de segurança, meio ambiente e saúde (SMS) que passará a ser exigido nas contratações de bens e serviços da companhia, a partir de janeiro do próximo ano, observou Reis. Enquanto a questão da gestão de responsabilidade social não tem caráter eliminatório, na parte de SMS existem algumas exigências que terão de ser cumpridas pelas empresas que desejam se tornar fornecedoras da Petrobras.

José Luiz Reis informou que um desses itens eliminatórios está ligado, por exemplo, à utilização de mão-de-obra infantil. “Ela (a empresa) tem que declarar que não utiliza mão-de-obra infantil. Está na lei, mas ela tem que declarar que não utilizará, sob nenhuma forma, sob nenhuma hipótese, no processo de fornecimento de bens ou prestação de serviços, mão-de-obra infantil”.