Petista torce para que Garotinho emagreça um pouco

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 4 de maio de 2006 as 10:29, por: cdb

Ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro criticou nesta quinta-feira a decisão do possível pré-candidato do PMDB à Presidência Anthony Garotinho de promover uma greve de fome em protesto contra uma suposta perseguição política que estaria sofrendo. Ele vem sendo alvo de uma série de denúncias nos principais jornais do país sobre o uso de fontes irregulares de financiamento eleitoral.

Para o petista, a decisão de Garotinho causou um problema para o PMDB, uma vez que integrantes do partido sugeriram, formalmente, a suspensão da candidatura por conta da decisão.

– Eu respeito muito o auto-martírio. Essas pessoas estão imbuídas de vocação messiânica, quase santa. Mas não acho que politicamente seja uma coisa boa para a democracia, porque pode ser entendida como uma tentativa de cercear a circulação de informações pela imprensa – afirmou a jornalistas.

O ministro acrescentou que espera o melhor para Garotinho e que ele não sofra problemas de saúde durante o jejum. Torce também para que ele perca peso, além dos 2,3 quilos já perdidos após quase três dias de greve de fome.

– Torço para que ele saia bem, com saúde e que aproveite para emagrecer um pouco – concluiu.