Pesquisa revela que mulher alemã está traindo mais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 18 de junho de 2003 as 11:33, por: cdb

As mulheres alemãs estão traindo quase tanto quanto os homens, segundo uma pesquisa publicada na revista alemã Mulher. O levantamento feito pela Internet entre 1.427 homens e mulheres com idades entre 25 e 35 anos, realizado pelo instituto Gewins, indicou que 53% das mulheres disseram que têm sido infiéis aos seus parceiros. 59% dos homens disseram o mesmo.

Conforme a pesquisa, 17% das mulheres disseram que traíram duas ou três vezes, contra 22% dos homens. No entanto, 8% das mulheres admitiram que traíram quatro ou cinco vezes, enquanto apenas 4% dos homens disseram ter feito isso.

– Nos últimos anos, o número de homens e mulheres ifiéis está se igualando – disse Werner Habermehl, do GEWIS. A pesquisa mostra que desejos não necessariamente sexuais, como a necessidade de serem compreendidas, são motivos que levam as mulheres a trair namorados, maridos ou amantes.

Apesar disso, Habermehl garantiu que atitudes mais liberais com relação ao sexo, mais conhecimento sobre métodos contraceptivos, e mais liberdade entre as mulheres ajudaram elas a ter casos com outros homens.