Pesquisa mostra prejuízos do spam na Internet

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 23 de outubro de 2003 as 11:01, por: cdb

Os bilhões de “spam”, mensagens indesejadas enviadas diariamente pela Internet, começam a desgastar a credibilidade dos usuários na comunicação por e-mail. Metade dos usuários da Internet disse que os spam, e-mails forjados e correntes, provocaram a perda de confiança nos e-mails em geral, concluíram a Pew Internet o Projeto Vida Americana. Um entre quatro entrevistados afirmou usar menos e-mails por causa do spam.

A pesquisa do grupo sem fins lucrativos com 1,4 mil internautas, realizada em junho, mostra que a maioria acredita poder fazer pouco para bloquear as bilhões de mensagens de Fique-Rico-Rápido e outros clichês abundantes que chegam em suas caixas de e-mail diariamente. Mais da metade dos ouvidos disseram que a grande quantidade de spam dificulta a localização de mensagens que realmente lhes interessam. Os spam chegam a representar metade das mensagens de todos os e-mails, segundo várias estimativas, e custam bilhões de dólares em papel desperdiçado e baixa produtividade.

A maioria dos entrevistados disse que não coloca seus e-mails verdadeiros em formulários da Internet para evitar as listas de spam, e muitos afirmaram ter ativado filtros de lixo eletrônico em casa e no trabalho. Mas outros admitiram que esse comportamento só perpetuará o problema. Cerca de 7% dos que responderam a pesquisa disseram que adquiriram algum produto ou serviço de um e-mail não solicitado, enquanto um terço afirmarou ter clicado no link para obter mais informações.

Dois terços apontaram que clicaram em algum destes links para serem removidos da lista de spam, mas um advogado de direitos do consumidor afirmou que esta atitude provavelmente gera ainda mais spam.