Pesquisa confirma eficácia do Erbitrux contra câncer

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 2 de junho de 2003 as 02:13, por: cdb

Remédio fabricado pela polêmica empresa ImClone Systems, o Erbitrux, conseguiu diminuir o câncer de cólon em estado avançado.

Durante a reunião anual da Sociedade Americana de Oncologia Clínica (ASCO), os pesquisadores ressaltaram que os resultados de testes feitos na Europa pela empresa alemã Merck KGaA, são similares aos obtidos pela ImClone em sua prova original.

Segundo os testes realizados pela Merck KgaA cerca de um quarto dos pacientes que receberam o Erbitrux mais a quimioterapia conseguiram uma melhora temporária.

Os 329 pacientes que receberam o tratamento têm câncer de cólon e não tinham melhorado com o Irinotecan, outro medicamento comumente utilizado nos tratamentos de quimioterapia.

O Erbitrux não obteve a autorização da Administração Federal de Remédios e Alimentos (FDA) em dezembro de 2001, devido a erros de procedimentos e à duvidosa confiabilidade dos exames iniciais, o que acarretou uma queda de 77 por cento no valor das ações da ImClone em Wall Street.

Os resultados apresentados hoje pelo doutor David Cunningham, do Hospital Royal Marsden na Inglaterra, podem ajudar, porém, a ImClone a obter a aprovação da FDA para sua comercialização.

A previsão é que o Erbitrux seja colocado à venda na Europa no final deste ano. David Pitts, porta-voz da ImClone, afirmou que será solicitado à FDA, que regula todos os alimentos e remédios nos EUA, uma nova revisão dos dados.