Peru pede apoio da Colômbia para resolver seqüestro coletivo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 10 de junho de 2003 as 15:49, por: cdb

O ministro peruano da Defesa, Aurelio Loret de Mola, pediu a assessoria do governo de Bogotá para resolver o seqüestro de 60 pessoas em um acampamento da empresa argentina Techint(no sul do Peru), disse nesta terça-feira a sua colega colombiana, Martha Lucía Ramírez.

– O ministro peruano da Defesa me contatou ontem assim que ocorreu o sequestro. Ele comentou sobre o fato, que é muito lamentável, e me pediu alguns comentários sobre nossa experiência com seqüestros em massa – disse a ministra durante uma entrevista sobre a diminuição dos seqüestros na Colômbia.

Loret de Mola “disse-me o que estão fazendo, neste momento, em matéria de operações e sugeri que era muito importante também a ajuda dos Estados Unidos neste assunto”, disse a ministra da Defesa.

Ela afirmou que não se registrava um sequestro desta magnitude no Peru há muitos anos, “o que preocupa muito as autoridades peruanas, mas elas sabem que têm toda a solidariedade da nossa parte, e tudo o que governo da Colômbia possa fazer para ajudá-los, obviamente fará”, afirmou Martha.

Mesmo assim, a ministra descartou o envio de tropas ou forças especiais colombianas ao Peru para colaborar com o resgate dos reféns.

Segundo ela, o sequestro no Peru “reafirma a necessidade de um trabalho conjunto dos governos de toda essa região, porque é claro que esse desenvolvimento de atividades de grupos à margem da lei, de grupos insurgentes, unidos com atividade de narcotráfico, constituem um risco muito grande para nossas nações”.

O seqüestro ocorreu na madrugada da última segunda-feira no acampamento Tocate, em uma zona montanhosa e de selva da Província de La Mar, no Departamento de Ayacucho, a cerca de 600 km ao sudeste de Lima.

Segundo a embaixada de Bogotá em Lima e familiares, entre os seqüestrados estão seis colombianos. Além disso, a imprensa de Lima indicou também que dois argentinos e um chileno estão no grupo de estrangeiros seqüestrados.