Pertences encontrados em escombros estão sendo levados para o Cais do Porto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 as 10:16, por: cdb

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – Os pertences encontrados nos escombros dos três prédios que desabaram no Rio de Janeiro estão sendo levado para o Cais do Porto, no centro da cidade, para serem retirados pelos parentes. Alguns pertences já foram reconhecidos como de pessoas desaparecidas.

Sueli Mesquita reconheceu a bolsa da enteada Adriana Alves Lima, de 29 anos, que está entre os cerca de 20 desaparecidos. “Já chegamos até aqui [passadas mais de 24horas] e ainda estamos na expectativa.”

Segundo o secretário de Defesa Civil do Rio, Sergio Simões, a cada hora que passa as chances de encontrar sobreviventes diminuem. Cerca de 20 toneladas de escombros foram retiradas da área.

As equipes de socorro, comandadas pelo Grupamento de Busca e Salvamento do Corpo de Bombeiros com o apoio da Defesa Civil e da Polícia Militar, intensificarão hoje o trabalho de busca por mais vítimas. Cães farejadores ajudam nos resgates.

As investigações sobre as causas do acidente ainda não foram concluídas. Mas a suspeita mais provável, segundo os investigadores, é que houve colapso na estrutura do prédio mais alto, devido a falhas em uma reforma feita em um dos andares, onde funcionava uma empresa de informática.

Os desabamentos ocorreram terça-feira (25), por volta das 20h30, e atingiram três prédios antigos da região central do Rio. Um grupo de 80 homens do Corpo de Bombeiros, com o apoio da Polícia Militar e da Defesa Civil, trabalha na área.

Edição: Talita Cavalcante