Pequim recebe mostra de Picasso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de janeiro de 2005 as 05:39, por: cdb

Um total de 265 obras do pintor espanhol Pablo Picasso serão expostas em um dos jardins reais próximos à Cidade Proibida de Pequim em março, disse, nesta sexta-feira, o organizador da mostra, Zhao Nan.

A maior mostra de Picasso até agora na Ásia iniciou seu périplo em 27 de dezembro na cidade de Shenzhen (sudeste), com a presença de mil a duas mil pessoas por dia, e antes de aterrissar em Pequim, fará uma escala em Xangai.

Durante dois meses, entre 20 de março e 20 de maio, os pequineses poderão desfrutar das genialidades do malaguenho e, para que o bolso não seja um obstáculo, os preços serão “populares” (ao redor de 3 dólares), precisou Zhao.

O incomensurável valor das peças, que contam com uma apólice de seguro de mais de 12,1 milhões de dólares, levou os organizadores a reservar compartimentos especiais em aviões procedentes diretamente da França para transportar tão valioso material.

Na China, onde uma das obras mais conhecidas de Picasso é a pomba que simboliza a paz, a amizade que manteve o artista espanhol com Zhang Daqian, um dos mais prestigiosos pintores chineses do século XX, é vista como um símbolo da aproximação entre a arte oriental e a ocidental.