PCdoB entrega a Berzoini emendas à reforma da Previdência

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de junho de 2003 as 20:32, por: cdb

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) entregou, há pouco, ao ministro Ricardo Berzoini seis emendas para modificar a proposta de reforma da Previdência enviada pelo Executivo ao Congresso Nacional.

O líder da bancada, Inácio Arruda (CE), disse que o partido é favorável à reforma, mas defendeu que para ser aprovada, alguns pontos terão de ser alterados, como a cobrança dos inativos e a ampliação do teto para servidores públicos.

Outras sugestões são criar um regime complementar público; estender a condição de segurado especial ao trabalhador de baixa renda; rever o cálculo dos benefícios; e que todo e qualquer incentivo de natureza tributária relativo a créditos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) seja coberto pelo Tesouro Nacional.

Ao receber as emendas, o ministro afirmou que o governo está disposto a negociar a proposta, desde que não se altere a sua essência. Segundo Berzoini, se alguns itens forem modificados, como a cobrança dos inativos, o país entrará em uma crise fiscal.

Neste momento, o ministro, parlamentares e representantes de sindicatos participam de audiência na Comissão Especial da Reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados.