Paulo Davim chama atenção para incidência da catarata 

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 14:32, por: cdb

O senador Paulo Davim (PV-RN) relatou sua participação em mesa de discussão sobre a catarata, durante o 6º Forum Nacional de Saúde Ocular, promovido pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), nesta quarta-feira, no auditório Petrônio Portella, do Senado Federal.

De acordo com o parlamentar, o Sistema Único de Saúde teria de realizar 390 mil cirurgias de cataratas por ano para, juntamente com outras 180 mil cirurgias a serem realizadas pelo setor privado, apenas para eliminar cegueira já instalada.

Mas Paulo Davim festejou o aumento de 140% no número de transplantes de córnea nos últimos dez anos. Só em 2011 foram realizadas 14,8 mil transplantes, graças, segundo disse, ao esforço do CBO.

O parlamentar informou que quase 90% dos casos de cegueira estão em países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento. A incidência de cegueira por catarata é de 5% da população de países desenvolvidos, contra 50% nas regiões mais pobres do mundo. Dados do CBO indicam que 90% dos casos de cegueira ocorrem nas áreas mais pobres, 60% são evitáveis, 40% têm conotação genética e 25% têm causas infecciosas. Ainda segundo a entidade, a população pobre do Brasil, com 59,7 milhões de pessoas, tem 557,6 mil cegos. Já a classe média, com 114,3 milhões, tem 685,9 mil cegos.

Da Redação / Agência Senado