Paul Singer comemora 80 anos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 24 de março de 2012 as 14:33, por: cdb

O professor Paul Singer, secretário de Economia Solidária do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), completa neste sábado (24) 80 anos. Com uma trajetória política e intelectual que representa uma grande contribuição ao pensamento socialista brasileiro, movimentos sociais homenageiam o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP (FEA-USP) e um dos grandes defensores da economia solidária e do comércio justo.

Paul Singer faz 80 anos / foto: Jornal da USP


Abaixo, leia carta da secretaria nacional do MST em homenagem a Paul Singer.

Paul Singer, um socialista coerente, que orgulha toda a militância do MST

A biografia de Paul Singer é um exemplo que deve animar a nova geração de militantes de movimentos sociais e da esquerda brasileira. Em sua trajetória, mesclou a atividade partidária, a luta política, o estudo e a reflexão, a pluralidade de ideias e a formação de novos militantes.

Foi o que todos os militantes de uma sociedade socialista devem ser: viveu de forma simples, humilde e sempre dedicado ao bem comum. Por isso, nós do MST nos orgulhamos de sua amizade e nos referenciamos na sua prática e exemplo.

Singer viveu como toda sua geração de lutadores sociais, desde a 2ª Guerra Mundial, os pêndulos históricos da luta de classes, em um ciclo de ascenso e descenso do movimento de massa, das ideias socialistas, dos avanços e retrocessos da classe trabalhadora nas disputas estratégicas, com batalhas importantes.

Mesmo em períodos de descenso, com perdas da classe trabalhadora, da violência das ditaduras ou derrotas ideológicas, Paul Singer sempre resistiu e se manteve firme, não se iludindo com as situações históricas momentâneas.

A atual geração de jovens viveu nos 20 anos de neoliberalismo uma verdadeira ditadura ideológica da burguesia contra os ideais socialistas. E agora vivemos um período de maior equilíbrio, mas não chegamos ainda ao reascenso das forças populares.

Nesse quadrante complexo da nossa história, ainda difícil para os trabalhadores e para o socialismo, muitos se bandearam para o lado de lá, sobretudo na classe média e na intelectualidade, em que ainda predomina a hegemonia do capital.

A história de figuras como Paul Singer, com sua coerência e persistência são importantíssimas para termos uma referência, não perdermos o rumo e a convicção de que é possível construir uma sociedade socialista.

Longa vida ao nosso querido Singer!

Fonte: MST

 

..