Participantes do Programa Recomeçar terão formação profissional

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 15:31, por: cdb

Em breve, apenados do Instituto Penal de Canoas (IPC) que participam do programa Recomeçar receberão a oportunidade de formação profissionalizante. A parceria foi fechada em reunião nesta terça-feira, com a participação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (também gestora do programa) e Grupo eEduca.

Conforme a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Márcia Falcão, pelo menos 20 apenados deverão participar dos cursos de pintura predial externa e interna com aplicação de textura. A oportunidade é festejada com a parceria pelo Grupo eEduca, que conforme a gestora Lígia Futterleib, irá aplicar as aulas teóricas e práticas aos participantes. A representante do IPC, assistente social Fátima Simas, avalia que a parceria dá aos apenado a garantia da cidadania e a possibilidade de maior inserção social.

O PROGRAMA RECOMEÇAR
O programa Recomeçar é uma iniciativa da Prefeitura de Canoas, através das secretarias de Segurança Pública e Cidadania, Serviços Urbanos e Desenvolvimento Social, em parceria com o Instituto Penal de Canoas.

O Protocolo de Ação Conjunta assinado entre a Prefeitura e Governo do Estado prevê que os apenados desenvolvam atividades de serviços gerais, junto às equipes da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, em serviços como restauração de espaços públicos. A carga horária é de oito horas diárias.

Para o trabalho, os apenados receberam equipamentos de proteção individual, como botinas e uniformes. Eles também receberão valor correspondente à 75% do salário mínimo nacional, pagos pela administração municipal. A intenção é de que 80 apenados, todos provenientes do IPC participem do programa Recomeçar. A entrada desses novos integrantes ao programa será gradual.

 

Crédito da notícia: Jesiel B. Saldanha